Drenagem Linfática Facial

A drenagem linfática facial. A técnica de massagem é cheia de benefícios. Ajuda ativar a circulação sanguínea, promovendo o relaxamento dos músculos da face e a eliminar as toxinas (que formam as linfas), causadoras das linhas finas e marcas de expressão. Suas vantagens vão desde revitalizar a pele do rosto, amenizar olheiras e até tratar hematomas decorrentes de traumas, doenças e cirurgias.

Como é feita?

Todos os toques e manobras da drenagem linfática facial, assim como acontece na corporal, devem ser feitos suavemente. Os movimentos são de deslizamento e bombeamento e têm a finalidade de desobstruir os canais linfáticos, causando sensação de bem-estar e provocando maior eliminação do líquido retido no organismo. A técnica não tem contraindicação e deve seguir uma ordem específica para funcionar de forma eficiente. O tratamento consiste em duas etapas. Primeiramente, é feita a abertura dos gânglios (no pescoço, colo e axilas) e, em seguida, a drenagem propriamente dita, direcionando a linfa, com seu conteúdo (toxinas e líquidos retidos), para serem eliminadas por esses gânglios.

Frequência ideal

Tatiana explica que as sessões podem ser feitas uma vez por semana, ou até mais do que isso, no caso de um tratamento para peles mais necessitadas. A frequência ideal vai depender de cada caso, mas é importante manter a regularidade no tratamento para não prejudicar o resultado final.

Objetivos

A drenagem linfática facial tem objetivos preventivos, estéticos e terapêuticos, pois estimula o sistema de defesa, a oxigenação dos tecidos e ajuda na eliminação de líquidos que ficam retidos, tonificando a pele e retardando o envelhecimento dos tecidos. A técnica ameniza problemas de origem vascular.

Olheiras e marcas de expressão

Como atua na melhoria da circulação sanguínea, a drenagem amplia a vascularização da região onde é aplicada. O resultado é a eliminação de bolsas e marcas de expressão na região dos olhos. No entanto a técnica não tem o poder de clarear a pigmentação escura das olheiras nem manchas de nenhuma natureza. Os efeitos da drenagem duram por um certo tempo, que varia de pessoa a pessoa, por isso a importância da manutenção do tratamento.

Pós-operatório

Após as primeiras sessões, é possível visualizar os resultados do tratamento, com diminuição do edema e uma melhora geral na aparência da pele. Quando a drenagem é realizada na área da cirurgia, há a compressão do líquido retido e sua eliminação de maneira mais rápida pelo organismo, evitando o perigo de infecções. Em relação às cicatrizes, a drenagem é eficiente logo após a lesão, pois melhora a capacidade linfática e a circulação, diminuindo o edema. Caso seja feita muito tempo depois, as chances são menores de ficar sem nenhuma marquinha, já que a circulação ficou comprometida em função do inchaço provocado pela lesão.

Deixe uma resposta